Implantando novos processos na gestão de provedores

Da mesma forma que a boa atuação dos líderes e gestores é necessária, o bom desempenho de um treinamento é fundamental para o desenvolvimento e o crescimento de uma equipe comercial, independente do porte da sua empresa. Através dele iremos auxiliar na modernização da gestão do seu  provedor. Porém, realizar um treinamento de vendas eficiente e econômico pode não ser uma das tarefas mais simples para alguns, e pensando nisso, criamos um conceito de treinamento eficaz que colocará seu provedor à frente da concorrência.

Estipule metas

Qual será a meta? Qual a razão? É atingível? É mensurável? Para quando? Por quê? Quais serão os benefícios de atingir tais metas? Quais serão os ganhos? Quem irá ficar responsável pelo quê?

As metas, quando cobradas corretamente podem ser uma aliada incrível de um treinamento de vendas. O ideal é trabalhar com metas com períodos de tempo definidos, como semanal, mensal ou semestral.

Isso é importante por incentivar aos seus colaboradores a realizarem o treinamento com eficiência para obterem melhores resultados em suas metas pessoais e consequentemente, organizacionais. Mas lembre-se, as metas precisam ser bastante específicas, mensuráveis e possíveis de serem alcançadas.

Qualidade do atendimento

Um dos principais diferenciais dos provedores regionais em relação às grandes operadoras é o relacionamento mais próximo com o cliente. Os ISPs que desejam crescer e se diferenciar no mercado devem aproveitar essa vantagem. Uma dica para oferecer uma melhor experiência para o usuário é ter equipes focadas no sucesso do cliente. Isso não significa apenas atender rapidamente suas dúvidas e problemas, mas antecipar-se às suas necessidades.

Lidando com a legislação

São diversas as exigências que devem ser cumpridas pelos provedores de Internet, que vão da obtenção de licenças à qualidade da conexão. A questão regulatória é altamente complexa e pode se tornar um problema se mal gerenciada. Contar com profissionais especializados nessa área é essencial para que a empresa não tenha problemas com multas ou outro tipo de penalidade. Esse é um passo importante rumo à profissionalização dos ISPs.

Cultura de startup

O termo startup surgiu para designar novos negócios com alto potencial de crescimento, principalmente no segmento de tecnologia, mas ao longo dos anos ganhou uma série de outros significados. O conceito acabou se tornando um sinônimo para inovação embalado por empresas como Google, Facebook e Microsoft. Mas o que é ter uma cultura de startup? Em linhas gerais, promover um ambiente de trabalho mais participativo e menos hierárquico, oferecer maior autonomia aos colaboradores e incentivar o feedback entre gestores e equipes.

Intraempreendedorismo

Muitas pessoas associam a inovação a algo complexo, que demandará um alto investimento e que, por isso, leva tempo. Mas modernizar os processos internos visando o aperfeiçoamento da gestão de provedores pode ser bastante simples. Começa por incentivar os colaboradores a sugerirem melhorias no seu processo de trabalho e nas operações da empresa como um todo. Essa prática é chamada de intraempreendedorismo e tem apresentado ótimos resultados, ajudando no engajamento e na construção de um ambiente mais transparente.

Entre em conosco. Um dos nossos especialistas estará pronto para lhe atender.